O que é isto?


Enviar esta foto por e-mail
Anterior
Festa

Esta foi a homenagem que a maioria dos amigos do Marquim fizeram pra ele no dia 03 de Abril, data do seu aniversário. É isso aí, Marquim, os parabéns de toda a turma aqui. Um cara fantástico, amigo fervoroso, cidadão exemplar e um puta dum coração. Sempre recebendo bem novas amizades e sabendo conquistá-las. Foi por este motivo que resolvi fazer o fotoblog do “Cabaré do Marquim”, para que ficasse marcado pelas fotos e comentários o quanto as pessoas sabem agradecer por ter um amigo tão significante em nossas vidas. Quando comecei a andar no Cabaré (ainda Cabaré 1), comecei a perceber que realmente era um grupo coeso, somente amigos verdadeiros e honestos, que se preocupavam com o bem estar do grupo, sempre alguém tentando ajudar a quem precisasse e interessado apenas em cultivar a amizade como se fosse uma Orquídea raríssima; e o que mais adorei foi o tema central, a mensagem que toda a aura de bem estar passava para mim: “É só curtição, no stress” (o único stressado é o prego do Stanley, mas deixa pra lá). Mas a intenção de mostrar belos momentos de nossas vidas falhou, eu quis mostrar pra o mundo que a nossa turma é uma turma feliz, que mesmo com as agruras da vida, com os stress do dia a dia, nós éramos a turma feliz, e só com amigos verdadeiros. Lógico que todo mundo tem seus dias de cão, é natural, mas uma turma de amigos verdadeiros; quando digo que falhou, em primeiro lugar, é pelo simples fato de que pessoas inconvenientes e sem escrúpulos, pessoas invejosas, passaram a tecer comentários maldosos, sempre tentando macular a imagem da turma, mas estes eu compreendo, é simplesmente por ser uma pessoa mesquinha e invejosa, por não fazer parte da turma, por não conhecer pessoas bonitas como as que eu conheço e conheci através do Cabaré do Marquim. Nunca vou poder esquecer pessoas maravilhosas coma a Célia (um beijo Celhão, te amo), como o Ronne (ow cara doido, te adorei amigo), o Geninho (amo este cara, um coração puro como não tinha visto antes), o Dr. Márcio e a sua esposa Fábia (pessoas que sempre estiveram e sempre estarão juntos do Marquim, dando o maior apoio) e são tantas outras que eu passaria o dia inteiro falando e não faltariam elogios para tecer aos membros do Cabaré. Em segundo lugar, e é aí onde não cabe minha compreensão, é pelo fato de ter descoberto que em meio a tanta gente maravilhosa ter-se instalado uma “Víbora”, uma pessoa mesquinha (e que passou o carnaval juntinho com a turma no sítio “Recanto do Pavão”), pequena e doente que andou contando fatos do que aconteceu no sítio para atingir, queimar, fazer inferno a um outro membro do Cabaré. E como esta pessoa saberá que estou falando dela, as probabilidades são muito pequenas pra não descobrir quem é ela, preocupe-se desde já, mas não se preocupe tanto “eu”, pois o “Nômade” não vai colocar em pratos limpos esta história, pois seria uma decepção maior ver que uma pessoa que eu possa ter confiado meus segredos, minhas particularidades, descubro ser um “TRAÍRA”, odéio gente mascarada; mas deixo a missão pra cada um dos membros do cabaré, olhem para o seu lado e veja com cuidado a quem você chama de amigo. TE ADORO MARCOS AURÉLIO, e acho que como eu quase todos do Cabaré do Marquim. Estou tirando todos os comentários, inclusive os meus e deixar apenas as fotos, pois acho que as pessoas que andam no cabaré, não merecem ter as suas vidas expostas a pessoas baixas. Beijão a todos, e felicidade para todos. Ei filho da puta do “EU”, te toca otário.

07/04/2005 Publicada por Nômade